"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Porto - Portugal

«Afinal, o Porto, para verdadeiramente honrar o nome que tem, é, primeiro que tudo, este largo regaço aberto para o rio, mas que só do rio se vê, ou então, por estreitas bocas fechadas por muretes, pode o viajante ao ar livre e ter a ilusão de que todo o Porto é a Ribeira.» (José Saramago)


"Posto que escriba desta nau - um Airbus 319 da Easy Jet sem TV, com serviço de bordo pago, com pouco espaço entre as poltronas -, comunico a chegada a nossa terra velha. Aqui, em cada largo, ouro e azulejos adornam igrejas onde jazem reis e rainhas. Em cada portinhola, patrícios refestelam-se com bacalhau, vinho e grande sortilégio de doces. Cortada pelo Rio Douro, de nossa Portugal, sexta-feira, 06 de janeiro de 2012." (adaptado de Fernando Souza)


Nossa primeira visita foi ao Mercado do Bolhão símbolo do comercio tradicional.


Bem em frente ao Mercado do Bolhão fica A Pérola do Bolhão - mercearia que vende de tudo.


O Centro Histórico é Patrimônio da Humanidade - UNESCO


Rua Santa Catarina - Café Majestic que está na lista dos 10 Cafés mais bonitos do Mundo. Clique aqui Cafés


É realmente muito bonito, mas perde longe para a nossa Confeitaria Colombo do Rio de Janeiro que também está na lista




Porto é uma cidade encantadora com seu cenário lusitano, repleto de sacadas e fachadas.



A Ribeira é um  dos locais mais antigos e tradicionais do Porto.



Faz parte do Centro Histórico e tem grande concentração de Restaurantes e Bares



 A Ribeira fica ao lado do Rio Douro e é cenário da Ponte Luis I (1886) que liga a cidade do Porto à vila de Gaia.



As casas encarapitadas colina acima é um espetáculo bom de se ver.


O nome da cerveja e a homenagem da Terezinha ao ex-genro.


Pequenas portas, passagens escondem lojas, cafés, galerias.




Do outro lado do Douro o Mosteiro da Serra do Pilar 


Ponte Luis I


O azulejo português


Chegando ao Funicular dos Guindais que nos levou até a parte alta.


Bonde 


Livraria Lello- Erguida em 1869, a Livraria Lello, como é mais conhecida, foi classificada como uma das mais fantásticas do Mundo pelo Huffington Post. 
O edifício, situado na baixa portuense, apresenta uma fachada em Arte Nova com traços de estilo neogótico.


Estas 2 fotos são da Net, porque é proibido fotografar o interior da livraria


 No interior destaca-se a escadaria que leva ao piso superior e o enorme vitral do teto que ostenta o monograma e a divisa da livraria “Decus in Labore“. 

Em 2008, a Livraria Lello foi considerada pelo periódico inglês, The Guardian, como a terceira mais bela do Mundo.


Smart Car e a Universidade do Porto



Torre dos Clérigos (1763)  

Tem seis andares e 75 metros de altura, que se sobem por uma escada em espiral com 240 degraus. Era, na altura da sua construção, o edifício mais alto de Portugal.
No primeiro andar apresenta uma porta encimada pela imagem de São Paulo, tendo por debaixo, inserido num medalhão, um texto de São Paulo, na Carta aos Romanos. A espessura das paredes do primeiro andar, em granito, chega a atingir os dois metros. Destacam-se as janelas ablaustradas do último andar, mais comprimido e decorado, e os quatro mostradores de relógio.
Os materiais utilizados na construção da Torre dos Clérigos foram, principalmente, o granito e o mármore.



Dom Antônio Ferreira Gomes intelectual, bispo católico


Oceano Atlântico e passeio a beira mar



Igreja São José das Taipas -(1795) 


Merece destaque o Presépio da Igreja do Sec. XVIII





Antiga Cadeia da Relação, hoje Centro Português de Fotografia



Palácio da Justiça e Estátua da Justica


Praça João Chagas


Conjunto de Esculturas -" 13 a rir uns dos outros" do escultor espanhol Juan Munoz . Cada figura descreve um movimento próprio, ora inclinando-se para a frente, ora em posição de desequilíbrio a cair da bancada, sempre com um denominador comum: a expressão de riso hilariante. 


"Flora "


Entrada traseira da Universidade do Porto


Ao fundo a Igreja do Carmo



Catedral Sé do Porto


Igreja de Santo Idelfonso


Igreja de São Francisco




Estátua do Infante D. Henrique.


Ribeira à Noite


Praça  da Ribeira





Estação São Bento


Estação São Bento



Praça da Liberdade



Visita a Adega Ferreirinha na Vila Nova de Gaia 







D. Antónia Adelaide Ferreira, mais conhecida por Ferreirinha, foi um empresária portuguesa do século XIX.
Ficou conhecida por se dedicar ao cultivo do Vinho do Porto e pelas notáveis inovações que introduziu.


Diferenças entre os Vinhos do Porto
Vinhos do Porto brancos são vinhos jovens e frutados Há brancos secos, meios-secos e doces,porém nunca é completamente seco, sendo comum encontrarem-se brancos "secos" com alguma doçura.

Ruby são vinhos tintos que, devido ao baixo contato com a madeira, conservam durante mais tempo as suas características iniciais, devido à baixa oxidação. São vinhos muito frutados de cor escura com sabores de frutos silvestres ou ameixas e com caracterísiticas de vinhos jovens. Neste tipo de vinhos, por ordem crescente de qualidade, inserem-se as categorias Ruby, Reserva, Late Bottled Vintage (LBV) e Vintage. Os vinhos das melhores categorias, principalmente o Vintage, e em menor grau o LBV, poderão ser guardados, pois envelhecem bem em garrafa.


Os Tawny são também vinhos tintos, feitos das mesmas uvas que os Ruby, mas que envelhecem dois a três anos nos balseiros, passando depois para as pipas de 550 litros. Estas permitem um mais elevado contato do vinho com a madeira e com o ar. Assim os Tawny respiram mais, oxidando e envelhecendo rapidamente. Devido à elevada oxidação os Tawny perdem a cor inicial dos vinhos tintos, ganhando tons mais claros como o âmbar, e sabores a frutos secos como as nozes ou as amêndoas. Com a idade os Tawny ganham ainda mais complexidade aromática, enriquecendo os aromas de frutos secos e adquirindo aromas de madeira, tostado, café, chocolate, mel, etc.

As categorias existentes são: Tawny, Tawny Reserva, Tawny com Indicação de Idade (10 anos, 20 anos, 30 anos e 40 anos) e Colheita. São vinhos de lotes de vários anos, excepto os Colheita, que se assemelham a um Tawny com Indicação de Idade com o mesmo tempo de envelhecimento.


O melhor momento - A Degustação


Museu da Adega




Vistas do Porto a partir da Vila Nova de Gaia




Passeio de Barco pelo Rio Douro


Os Brasileiros de Campinas, São Paulo, São José dos Campos, e Uberlândia.



Embarque



Durante o passeio passamos por 5 pontes


Adega famosa do Porto.





Fim do passeio de barco.





"… e é isso que [o viajante] leva do Porto, um duro mistério de ruas sombrias e casas cor de terra, tão fascinante tudo isto como ao anoitecer as luzes que se vão acendendo nas encostas, cidade junta com um rio que chamam Doiro”.