"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Praga 3 - República Tcheca - Castelo de Praga



Após o Café da Manhã, saímos para uma visita ao Castelo de Praga.




Café da Manhã no Svornost




Subida à pé para o Castelo de Praga



Um dos muitos símbolos maçônicos de Praga.



A arquitetura de Praga é sempre um convite à foto.



Ruas estreitas, muita gente e uma interminável subida.



Fazendo trenzinho prá ajudar na subida



Detalhes arquitetônicos forçam algumas paradinhas para fotos, recuperar o fôlego e continuar subindo.



Á direita os fundos do Palácio Sternberg



Estamos chegando!


"Como uma cidade de Conto de Fadas, Praga também tem um Castelo (Prazský Hrad) que fica na colina de Hradcany, onde fica também a catedral de São Vito. É o monumento mais visitado do país, foi moradia dos reis e é a atual residência do presidente. É considerado o maior castelo medieval do mundo. Começou a ser construído no Sec. 9."



"Portão principal do Castelo - a Porta dos Gigantes, derivada da Luta de Titãs, duas esculturas que adornam o portão em ambos os lados. E ao longo da grade estão estátuas de querubins, da águia  e do leão.
Em seu interior encontra-se Catedral de S. Vito, Torre da Pólvora, Palácio Real do Castelo de Praga, Torre Dalibor, Convento de São Jorge, Palácio Lobkowicz e a Viela Dourada. São necessárias umas 4 horas para visitar tudo e como não dispunhamos deste tempo, nos contentamos com a parte externa do Castelo."



Impossível passar por ali e não tirar a tradicional foto ao lado dos oficiais que guardam o Castelo, paralisados num uniforme impecável, naquele estilo londrino: ninguém se mexe por uma hora, quando acontece a troca de guardas. 



Este guarda é bem mais descontraído.



Uma linda vista de Praga a partir do Pátio do Castelo






Em Praga, sempre tem um músico se apresentando.






Em frente a entrada do castelo está a estátua de Tomas Masaryk, primeiro presidente da República Tcheca, como uma “sentinela” do castelo.





Palácio Arcebispal, originalmente renascentista, foi ampliado nos moldes barroco por volta de 1600, e no fim do século 18 ganhou sua atual fachada rococó.



Palácio Sternberg, que abriga a Galeria Nacional de Praga, constituída de coleções de arte clássica e antiguidades gregas e romanas até a época barroca.







Hora de voltar. Agora é só descida 



A multiplicidade dos estilos arquitetônicos são comuns nas ruas de Praga. 




Mais um símbolo maçonico.









A loja e o Absinto.


"No início do século XX, o Absinto era a bebida da moda e conhecido com "fada verde". Muitos tinham delírios e alucinações depois de beberem o destilado de absinto e aniz e a bebida foi proibida em 1915. A Artemísia Absinthum é popularmente chamada de…losna. A verdade é que o absinto (ou a losna) sozinho é inofensivo. O problema é depois de destilado – o teor alcoólico é muito alto, chegando a inacreditáveis 70%. E ainda consumiam o absinto junto com láudano, uma substância opióide. Daí os delírios e até mortes." 



Sem o láudano, e diluindo o teor alcoólico, que continua digno de mover um carro bicombustível, aprenda como beber o absinto, à venda em diversas casas de souvenir na República Tcheca 


1) Coloque uma pequena dose em uma taça; 


2) Usando um suporte especial ou pequena peneira, coloque um torrão de açúcar suspenso sobre a taça;


3) Verta água gelada no torrão e dentro da taça. A água derrete o torrão e dilui a bebida, deixando-a palatável. (Absinto




Maserati - Sonho de consumo



Fotografar....fotografar...fotografar! 


Fontes: Google.
Dezembro 2011