"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Barcelona - 3 Espanha - Sagrada Família

O Templo Expiatório da Sagrada Família assinado por Antônio Gaudi mais parece um Castelo de areia de  praia com torres de 107m de altura que podem ser acessadas por uma escada helicoidal.
Financiado unicamente por contribuições privadas, o projeto foi iniciado em 1882 e assumido por Gaudí em 1883, quando tinha 31 anos de idade, dedicando-lhe os seus últimos 40 anos de vida, os últimos quinze de forma exclusiva. A construção foi suspensa em 1936 devido à Guerra Civil Espanhola e não se estima a conclusão para antes de 2026, centenário da morte de Gaudí.


Esta é a fachada da Paixão que representa a agonia e o sacrfício de Jesus. Como outro arquiteto deu seu toque pessoal, ela não é tão sublime quanto a fachada da Natividade onde se vê todo o estilo de Gaudi.


Esta fachada representa a Paixão de Cristo começando com a Ultima Ceia   até a Morte.

Veja em detalhes esta fachada clicando aqui    Paixão


Gaudí concebeu um templo para que fosse visível a partir de qualquer ponto de Barcelona.   Para isso dotou o Templo da Sagrada Família com 18 torres, 12 dos apóstolos, 4 dos evangelistas, e as torres dedicados a Jesus e à Virgem Maria.



No centro, cenas da crucificação.


A fachada da Paixão é sustentada por seis  colunas inclinadas, que assemelham troncos de sequóia, sobre as quais se localiza um  frontão de forma piramidal constituído por 18 colunas em forma de osso, terminado por uma grande cruz com uma coroa de espinhas (em acabamento).


Esta é a lateral  da Igreja.,  a Fachada da Glória, que será a entrada principal da Igreja, com 7 portas.
Veja o projeto desta fachada, as torres e o interior clicando aqui   Gloria, torres e interior


Fachada  da Natividade - espécies animais e vegetais esculpidos na pedra, revelam o amor de Gaudi pela Natureza. 


É composta de três grandes pórticos - o central (Caridade) mais alto que os laterais (Fé e Esperança) - e quatro torres. A primeira torre de S. Barnabé, primeira da esquerda da Fachada do Nascimento, e a única que Gaudí viu terminada, já que morreu poucos meses depois.



A coroação de Maria

Veja em detalhes a Fachada da Natividade clicando aqui   Natividade

As filas intermináveis dos pontos turísticos de grande interesse, no início do mes de janeiro, nos impediu de visitar o interior da Igreja, que já tem uma parte concluída e pretende retratar um bosque com referência às dioceses catalãs e espanholas, a cada Igreja da América espanhola, a cada um dos cinco continentes, e também aos apóstolos, fundadores de grandes ordens religiosas, santos, e sacramentos, entre outros motivos.


Janeiro 2012