"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Vale do Loire - França

Chartres

Chartres é uma comuna francesa na região administrativa do Centro, no departamento Eure-et-Loir. Estende-se por uma área de 16,85 km², com 39.595 habitantes. Fica na rota do Vale do Loire.

Ficheiro:France Eure-et-Loir Chartres Cathedrale 01.jpg

A Catedral de Chartres teve a sua construção iniciada em 1145 e foi reconstruída após um incêndio de 1194. Marca o ápice da arte gótica na França.  As magníficas janelas com vitrais dos séculos XII e XIII, todas em notável estado de conservação, combinam-se para formar uma obra-prima inigualável.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 013

 

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 002

No total, o edifício conta com mais de 150 janelas medievais com vitrais, a maioria delas do século XIII, que proporcionam um magnífico efeito luminoso ao interior do templo.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 003

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 005

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 008

A Catedral de Chartres é conhecida como Catedral dos Vitrais, com mais de 3.000 m2

O Vale do Loire

Vale do Loire era o lugar onde a maioria da realeza francesa  passava a maior parte do seu tempo. Aqueles que ganhavam o apoio e favores do rei e da alta burguesia mantinham  castelos luxuosos como a sua residência de verão na região do Loire. Hoje,  servem como propriedade privada e habitação; alguns abrem suas portas para visitas turísticas, enquanto outros são explorados como hotéis ou albergues.

Castelo de Chambord

Localiza-se em Chambord, Loir-et-Cher, França.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 016

O palácio em estilo Renascentista francês, contém 440 salas, 365 lareiras e 84 escadarias. Quatro abóbadas retangulares, uma em cada piso, tomam uma forma de cruz. Os telhados de Chambord  têm sido comparados  com a silhueta de uma cidade: mostram onze tipos de torres e três tipos de chaminés, sem simetria.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 015

Ficheiro:Escalier double helice Chambord.jpg

A escadaria em  dupla hélice. As duas hélices ascendem aos três pisos sem nunca se encontrarem, iluminadas de cima por uma espécie de farol no ponto mais alto do edifício. Isto sugere que Leonardo da Vinci poderá ter desenhado a escadaria, mas isto não está confirmado.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 014

Pic Nic

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 020

O Castelo hoje pertence ao Governo francês. Veja mais Chambord

Cheverny

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 025

Localizado em Sologne, na comuna de Cheverny. Em 1914, o proprietário abriu o palácio ao público. A família continua a habitar no Château de Cheverny,  famoso  pelos seus magníficos interiores e pela sua coleção de objetos de arte e de tapeçarias.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 022

 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 021

Ficheiro:Cheverny12.jpg

No primeiro andar, uma sala de armas expõe uma coleção de armas e de armaduras.

Chaumont-sur-Loire

O Palácio fica  localizado nas margens do Rio Loire, na comuna de Chaumont-sur-Loire.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 030

Luís XI mandou queimar e arrasar Chaumont, em 1455, para punir Pedro de Amboise por este se ter revoltado contra o poder Real.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 027

O Castelo conta com um magnífico parque paisagístico à inglesa.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 032

 

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 033

O Château de Chaumont-sur-Loire e o Conservatório Internacional de Parques e Jardins formam o domínio de Chaumont-sur-Loire e as suas programações culturais tornam-se complementares.

Amboise

Amboise é uma comuna francesa na região administrativa do Centro, no departamento Indre-et-Loire. Localizada na margem esquerda do rio Loire.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 046

Rio Loire

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 059

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 065 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 066

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 075

A capela de Saint-Hubert

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 069

A capela de Saint-Hubert, situada no exterior do corpo do castelo, de arquitetura gótica flamboyant, que  tem a caça como tema, sendo Santo Uberto de Liège o padroeiro desta atividade. O tema da porta de entrada da capela é uma representação da aparição a Uberto durante uma caça. Inicialmente, esta capela fazia parte integrante do castelo, mas agora só existe a capela que contém o túmulo de Leonardo da Vinci.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 036  1617052005-VALE_DO_LOIRE- 040

O tema da porta de entrada da capela é uma representação da aparição a Uberto durante uma caça.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 039 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 038

Esta capela fazia parte integrante do castelo, mas agora só existe a capela que contém o túmulo de Leonardo da Vinci.

Castelo de Amboise

Ficheiro:Jardin de Naples Château d'Amboise.JPG

O Castelo em  ângulos diferentes

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 044

Henrique II e a sua esposa, Catarina de Médici, criaram os seus filhos no Castelo de Amboise juntamente com Maria Stuart, a Rainha da Escócia, ainda criança, que havia sido prometida em casamento ao futuro rei francês Francisco II.

Ficheiro:AmboiseLeChateau.JPG

 

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 070

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 067

 

PANORAMA-AMBOISE-2   1617052005-VALE_DO_LOIRE- 074

 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 050 PANORAMA-AMBOISE-1

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 052

François Ferdinand Philippe Louis Marie d'Orléans, Príncipe de Joinville  e sua mãe Maria Amélia de Bourbon-Sicília, princesa de Nápoles.

Francisco Fernando Filipe Luís Maria de Orléans, casou se no Brasil com a princesa D. Francisca de Bragança, filha de Dom Pedro I e de D. Maria Leopoldina de Áustria e irmã de Dom Pedro II. Francisca recebeu terras em Santa Catarian como dote.  Falidos e no exílio, os príncipes de Joinville negociaram as terras com a Companhia Colonizadora Alemã, do Senador Christian Mathias Schroeder, rico comerciante e dono de alguns navios. Assim nasceu a Colônia Dona Francisca, mais tarde Joinville, cidade do Estado de Santa Catarina.

 

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 054

Jogando dinheiro no poço.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 053

O Pagode de Chanteloup

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 076

O Pagode de Chanteloup foi construído no ponto de convergência de sete alamedas florestais com três léguas de comprimento cada uma; conta sete níveis; a sua base conta com dezesseis (1+6=7) colunas e pilares; a escadaria tem sete degraus de entrada; é encimado por um globo dourado simbolizando o sol e o espelho de água a seus pés tem a forma duma meia-lua.Sem que se possa afirmar com certeza, pode, talvez, ver-se aqui um símbolo maçónico.

Chenonceau

Chenonceaux é uma comuna francesa na região administrativa do Centro, no departamento Indre-et-Loire. Conta com cerca de 400 habitantes.

Ficheiro:ChenonceauAval.JPG

Conhecido como Castelo das Mulheres

Henrique II ofereceu o palácio como presente à sua amante, Diane de Poitiers. Catarina de Médicis despojou Diane da propriedade, após a morte de Henrique II. Com a morte de Catarina, em 1589, o palácio passou para a sua nora, Louise de Lorraine-Vaudémont, esposa de Henrique III.  Em 1624, Gabrielle d'Estrées, a favorita de Henrique IV, habitou o palácio. Depois desta, foi possuído por  Françoise de Lorraine, Duquesa de Vendôme.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 078

Madame Louise Dupin, esposa do novo proprietário, salvou o palácio da destruição durante a Revolução Francesa. Diz-se que terá sido Louise quem trocou a ortografia do palácio (de Chenonceaux para Chenonceau) para agradar ao aldeões durante a Revolução Francesa. Deixou cair o "x"(símbolo de realeza ) do final do nome do palácio para diferenciar da república. Em 1864, Daniel Wilson, um escocês milionário comprou o palácio para a sua filha que gastaria uma fortuna em festas até que as finanças foram dilapidadas.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 079

Em 1913, a família Menier, famosa pelos seus chocolates, comprou o palácio, mantendo a sua posse até hoje.

Villandry

O Castelo está localizado na comuna de Villandry, departamento de Indre-et-Loire. O palácio é conhecido pelos seus três jardins.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 123

Jardins do Amor: (Terno, Apaixonado, Infiel e Trágico); Cruz de Malta e Música.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 126

Horta

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 137

PANORAMA-VILLANDRY-2

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 143

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 146

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 151

Azay-le-Rideau

O Castelo de Azay-le-Rideau é um palácio  localizado na comuna de Azay-le-Rideau, no departamento de Indre-et-Loire.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 156

Honoré de Balzac referiu-se ao Palácio como "um diamante facetado colocado no Indre".

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 160

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 173

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 159

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 167 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 162

A escadaria central é o principal elemento que os visitantes encontram depois de entrar. Esta está incorporada no interior do edifício, em vez de erguer-se helicoidalmente.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 164

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 166

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 176

 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 181

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 183

O palácio está rodeado por um distinto parque oitocentista, arranjado como um jardim paisagístico à inglesa, com muitas espécies de árvores, especialmente coníferas exóticas: cedros-do-líbano, ciprestes dos pântanos e sequoias do Novo Mundo.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 172

 

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 191

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 187

Saumur

O Castelo de Saumur é um palácio que se encontra na comuna de Saumur, entre Nantes e Tours, no Departamento de Maine-et-Loire.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 195

O castelo  abriga hoje o Museu de Artes Decorativas,  de móveis, decorações e tapeçarias, assim como o Museu do Cavalo onde é mostrado o desenvolvimento da arte de montar e as técnicas de equitação ao longo dos séculos.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 196

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 194

Brissac

Fica na comuna de Brissac-Quincé, Maine-et-Loire, France.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 200

Foi construído no século XI. Passou por vários proprietários até ser comprado, em 1435, por Pierre de Brézé, rico ministro de Carlos VII, que em 1445 transformou a fortaleza num castelo de luxo. Quando Brézé morreu seu filho Jacques herdou o castelo que abandonou para sempre após surpreender sua mulher em flagrante de adultério, e assassiná-la.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 201

É o castelo mais alto da França, com sete andares, duzentas salas e com a fachada influenciada pelo estilo barroco.

1617052005-VALE_DO_LOIRE- 202 1617052005-VALE_DO_LOIRE- 199

O Castelo de Brissac é o famoso Castelo da Revista Caras que frequentemente leva celebridades para serem fotografadas lá.

img_54284_vanessa-redgrave

Vanessa Redgrave em Brissac

Maio 2007 – Renata, Marcelo e eu

Fotos – Google Imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Obrigada.