"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Caxambu, São Lourenço, Lambari e Cambuquira - MG

Em Outubro de 2005, voltando do Rio de Janeiro, na agradável companhia de nossos amigos Vânia e Vidigal passamos por Caxambu.

125-Caxambu-MG-outubro-2005
 
Caxambu – MG 

Caxambu é berço de um dos maiores potenciais hidrominerais da Terra, se não o maior.
 
   129-Caxambu-MG-outubro-2005

Um passeio de charrete pela bucólica cidade
 Em Caxambu o lema é cuidar bem do corpo e da alma.
 
128-Caxambu-MG-outubro-2005  


131-Caxambu-MG-outubro-2005


132-Caxambu-MG-outubro-2005
Mobiliário do modesto, porém  simpático Hotel Lopes 
 
Agosto 1982 –Caxambu – Eleuza, Walter, Euripedes e eu Em 1982, visitamos suas fontes medicinais
 
 
  
 
Fonte D.Pedro 
 
 
   
 
Balneário
 
 
 
Balneário
 
   


 
Em 1982.
 
  
 
Caxambu – Parque das Aguas ( Fotos Luis Macedo)   
 
 
São Lourenço – 2005 Vânia, Vidigal, Euripedes e eu 
 
 
 133-São Lourenço-outubro-2005


São Lourenço –MG - O principal ponto turístico e cartão de visitas da cidade é o Parque das Aguas
 
 
 134-São Lourenço-outubro-2005 
 
São 6 fontes de água mineral, cada uma com suas propriedades
 
 
  136-São Lourenço-outubro-2005
 

138-São Lourenço-outubro-2005 
 
140-São Lourenço-outubro-2005 
 
141-São Lourenço-outubro-2005
 
142-São Lourenço-outubro-2005 
 
143-São Lourenço-outubro-2005 
 
144-São Lourenço-outubro-2005 
 
Um lago com 90.000 m2 de água cristalina para passeios de barco ou pedalinho, e áreas de recreação ao ar livre. 
 
  Ficheiro:Balneário São Lourenço.jpg

Estivemos em São Lourenço também em Agosto de 1982. Fomos sem reserva de Hotel e na procura, um dos hotéis informou que havia apenas 2 apartamentos  no Hotel Monte Líbano, fomos “voando”, e ainda chegamos na frente de outros turistas que estacionaram praticamente ao mesmo tempo que nós.

 
Igreja Matriz – São Lourenço

LAMBARI


Cassino de Lambari Foram importados da Inglaterra, azulejos, ladrilhos, vasos sanitários, cimentos etc. e da França foram importados as famosas telhas francesas.
A decoração do Cassino foi feita por chineses e japoneses, vindos de seus respectivos países, com requintado bom. gosto, arte e maestria específicos.


Casino / Lambari

Abriu para inauguração e fechou no outro dia

  O luxo de outrora é perceptível no mobiliário remanescente  O luxo de outrora é perceptível no mobiliário remanescente

Absurdas desavenças políticas fecharam suas portas e o cassino não voltou a funcionar. Meio século de abandono se seguiu. Nesse tempo um verdadeiro crime foi praticado. Quase todo o seu acervo mobiliário e decorativo foi retirado, redirecionado para outros órgãos administrativos do Estado. Restaram algumas peças e o prédio, que passou por uma ampla reforma e serve como testemunha daqueles dias.
 
 
Cambuquira – Agosto 1982 – Eleuza, Walter, Euripedes e eu
 
Entrada do Parque das Águas de Cambuquira
 
(Foto Rômulo Favero)



Parque das Águas -
 

Agosto 1982 – Eleuza, Walter, Euripedes e eu
Outubro 2005 - Vânia, Vidigal, Euripedes e eu (Caxambu e São Lourenço)
Fotos Google Imagens Fonte - http://www.lambari.mg.gov.br/car_pos_lis.aspx