"Não importa para onde vamos ou de onde voltamos. O que importa são as experiências únicas e os cenários surpreendentes com que nos deparamos. Viajamos em busca do que a vida pode nos revelar, num verdadeiro banquete de sabores, cores e sons."
E confesso: não tem graça nenhuma viajar e não contar para alguém, mostrar as fotos, compartilhar....
Voltar para casa também é uma experiência maravilhosa que só podemos sentir quando viajamos.


Várias fotos que ilustram as postagens são retiradas da Net.

Gênova - Italia


Novembro 2015
Gênova - é uma comuna italiana da região da Ligúria, província de Gênova, com cerca de 639.560 habitantes.
Gênova é um lugar para visitar. Linda, possui paisagens maravilhosas. Com seus inúmeros Palácios conhecidos como "Rolli di Gênova, têm átrios, salas espetaculares, afrescos, jardins, fontes com estátuas, coleções de arte. Em 2006 foram reconhecidos pela UNESCO como Patrimônio Mundial." Veja Palácios 

 
"Na região do Porto você poderá observar uma maravilhosa vista da cidade, que foi se formando sobre as montanhas, uma construção sobre a outra, como um paredão com vista para o mar. Numa caminhada nesta região  você poderá visualizar os barcos atracados, e a vista do mar e a natureza que envolve Gênova."
Lá nasceu e cresceu o famoso navegador e explorador Cristóvão Colombo, líder da expedição que descobriu acidentalmente a América.

 
A casa onde supostamente nasceu Cristovão Colombo, porque outras regiões da Itália reivindicam o berço do navegante. "Alguns registros referem-se ao seu pai, um tecelão, e a várias residências da família nesta cidade. Esta pequena casa, coberta de hera, junto à Porta Soprana, terá sido a casa onde Colombo passou a infância e descoberto a sua paixão pelo mar."
 
Torri di Porta Soprana
 
 
Porta Soprana  ou Porta di Saint'Andrea, uma das portas de entrada da cidade de 1155.
Hoje, a Porta Soprana assinala os limites entre o Centro Histórico e a cidade moderna. Composta de um arco e duas torres semicirculares de 31 metros de altura, a porta foi construída no século IX e modificada por volta de 1150 durante a construção de uma nova muralha defensiva chamada de "Barbarossa". As torres foram utilizadas por muito tempo como prisão e até 1809 muitas decapitações foram realizadas ali e as cabeças dos decapitados eram penduradas no arco da porta.
 
 
Atrás da Casa de Colombo encontra-se o Chiostro S. Andrea, um belíssimo claustro (uma espécie de pátio interno que fica no centro de um convento circundado de arcadas abertas) que fazia parte do Convento di Sant'Andrea.
 

Lindo monumento a Cristovão Colombo na Praça Príncipe.
 
Porto de Gênova

 
"O porto  fica numa região habitável e turística, com iniciativas culturais, espaço para eventos e congressos, bares, cafés, entre outras atrações. "

 
Barco Galeão Netuno -"Este belíssimo barco  está ancorado em Gênova desde o ano de 2001. Ele foi construído em 1986 especialmente para o filme "Piratas", de Roman Polanski."
 
 
Aquário de Genova -" é o segundo maior da Europa, está repleto de  vida marinha, incluindo peixes.  tubarões, pinguins, mamíferos e répteis, até mesmo crocodilos do Nilo. Oferece uma reconstituição de diferentes ambientes marinhos, como o do Mar Vermelho, o das Ilhas Eólicas e o dos recifes de corais do Pacífico."
 
 
Bigo -"Originalíssimo elevador panorâmico, construído em 1992 para comemorar o quarto centenário da descoberta das Américas.  Constitui num guindaste gigante que levanta as pessoas até uma altura de 40 metros, oferecendo uma vista panorâmica e privilegiada desta belíssima cidade. O Bigo faz um giro de 360º . Um guia lhes explica a história do centro histórico da cidade, como também as características das principais obras e estruturas presentes na área como a famosa Sfera di Renzo Piano, construída no coração da marina, bem em frente ao aquário."


Biosfera ou Sfera di Renzo. - Dentro dela foi reconstruída uma pequena porção de floresta tropical casa de mais de 150 espécies de animais e plantas, tais como borboletas, iguanas, tartarugas, peixes, grandes samambaias de até sete metros de altura, e várias espécies de plantas tropicais com condições climáticas adequadas para a sua sobrevivência, graças a um sistema de ar condicionado informatizado, que garante a manutenção de um nível adequado de temperatura e umidade no interior da esfera.


"Eataly é um complexo com quatro restaurantes temáticos:
1 -Massas, pizzas, carnes e peixes da tradição da Ligúria;
2-Verduras;
3-Salames e Queijos;
4-Frutos do Mar
No Eataly você pode comprar para levar ou comer no local pratos naturais. Também é encontrado no local um supermercado de especiarias e produtos  naturais, uma padaria com forno a lenha, uma deliciosa cafeteria e uma incrível sorveteria de sabores artesanais. Este espaço é ideal para almoço ou jantar, está aberto todos os dias das 10 às 22h30."


Lanterna- Á direita do Euripedes lá atrás." Como o nome diz, é um farol – mas não um farol qualquer. Muito antigo, perpetua a gloria medieval e  foi tão importante para a atividade marítima que virou símbolo de Gênova." e a   Ponte Spinola "de onde  saem barcos com destino às ilhas e portos do litoral lígure, além de outros que realizam passeios pela costa em frente à cidade, permitindo aos visitantes admirar Gênova de um ponto de vista diferente."


"I Carruggi di Genova - " Ruelas estreitíssimas típicas de cidades antigas da Ligúria. Nas esquinas destas simpáticas ruazinhas você poderá encontrar algumas Virgens muito bem conservadas, outras nem tanto, pois provavelmente foram saqueadas no passado. Além de toda a história de uma cidade antiga (obras de arte por todos lados) você encontrará pequenas lojas, mercearias e padarias que são frequentadas pelos habitantes locais e pelos turistas curiosos."



Próximo ao Porto, as Carruggis conduzem a estas galerias com várias lojas. Confesso que deu um medinho.
 

Via Balbi -É uma das principais ruas de Gênova. "Foi construída entre 1601 e 1618 a mando de Stefano Balbi, rico membro da família Balbi, ricos banqueiros genoveses, então no auge da riqueza. Via Balbi inclui muitos edifícios de prestígio, incluindo o Palácio Real,  e declarado Patrimônio da Humanidade pela "UNESCO. Está ligada aos anos de chumbo, infelizmente. Foi em um dos seus cruzamentos que houve o primeiro assassinato  político premeditado e reivindicado pelos terroristas da Brigada Vermelha, em 1976."
 

Igreja da Anunciação. Um afresco na cúpula da igreja mostrando Anunciação, o anuncio do anjo Gabriel à Maria que ela daria à luz a um filho e que ela deveria chamá-lo Jesus.

 
Interior da Igreja da Anunciação

"Monte dei Paschi di Siena é um banco italiano, fundado em 1472 na cidade de Siena. É o mais antigo banco do mundo em atividade. Possui atualmente cerca de 1800 agências, 28 mil empregados e 4,5 milhões de clientes na Itália, além de agências e negócios no exterior."


"A vida cotidiana de Gênova nunca é interrompida, diferentemente de outras cidades turísticas, caminhar nestas ruelas não se torna de forma alguma estressante pois o fluxo de pessoas é natural.

 
Igreja San Pietro Bianchi
 Em caso de se perder em qualquer parte destes becos será suficiente descer para encontrar o porto, e dessa forma se reencontrar na estrada. Lembre-se deste conselho pois perder-se nestas ruelas é bastante comum, mas isto não deve lhe desencorajar, a experiência é única."

 Via Balbi e Via Garibaldi  são  margeadas por lindos palácios e   mansões do século XVI, como  o Palazzo Rosso . Neles funcionam galerias de arte com obras dos melhores artistas genoveses, a maioria deles do século XVII, e de da pintura europeia, tais como os holandeses Van Dyck e Rubens e o italiano Veronese.alguns grandes nomes

 
"Museo Palazzo Reale  Via Balbi, 10.  O museu funciona no palácio da dinastia Savoia, construído no século XVII. O acervo inclui quadros, esculturas, cerâmicas e móveis de época. A principal atração é o próprio interior do palácio, em estilo rococó. Os pontos altos da visita são o Salão dos Espelhos, o Salão de Baile e a Sala do Trono."
 
 
Ao  fundo a Galeria Giuseppi Garibaldi.
 
 
 Pallazzo San Giorgio." O palácio foi construído em 1260 pelo tio do primeiro Doge de Gênova. Para a construção do novo palácio, os materiais foram utilizados a partir da demolição da embaixada veneziana em Constantinopla.  Em 1262, Guglielmo Boccanegra foi deposto e forçado ao exílio. O palácio foi usado por um tempo como uma prisão; Marco Polo foi o seu morador mais famoso."
 

Catedral de San Lorenzo - "Foi fundada no século IX (1098) e escolhida como catedral devido à sua localização protegida, no interior das muralhas da cidade. Depois de quase 200 anos passou por um incêndio, que obrigou que ela fosse em partes restaurada e  reformada, e só ficou pronta em 1312.
 Tem uma fachada com listas negras e brancas, e caracteriza-se por ter todos os estilos arquiteturais de Gênova, do portal lateral  românico,  aos elementos barrocos de algumas capelas laterais. No extremo oeste, os três portais são em estilo gótico francês.

 
Na nave do lado direito, encontra-se uma granada que não explodiu, foi lançada pelos alemães na segunda guerra mundial, precisamente no dia 9 de fevereiro de 1941. Praticamente, a granada caiu através do telhado da catedral sem explodir, e lá está até hoje.
 
Sacro Cantino, Genova. Foto disponível em http://www.spaziofatato.net/


O Museo del Tesoro di San Lorenzo, localizado no piso inferior e com entrada pela sacristia, alberga inúmeros tesouros, como um prato de vidro verde que, supostamente, foi usado na Última Ceia.


Lindissima escultura de dois leões do escultor Carlo Rubatto em frente a Igreja San Lorenzo
Piazza de Ferrari

 
"A Piazza di Ferrari é onde ficava o centro comercial da cidade, É palco de festejos, eventos e as populares carreatas para celebrar vitórias  de futebol."  É lindíssima.

 

Uma panorâmica da Praça e seus monumentais edifícios.

 
O Teatro Carlo Felice e o Monumento a Garibaldi.

 
"A Via XX Settembre é parte da praça e  os genoveses a chamam carinhosamente “Via Venti (rua vinte)”.
 

Nela você poderá bater pernas e conhecer muitas lojas, olhar vitrines e quem sabe levar alguma lembrança para casa."


Caminhando, fotografando  e agora.... Onde estou?


Cada rua, um flash!


Praça da Vitória e o Arco do Triunfo.
 

Jardim das Caravelas de Colombo - Santa Maria, Pinta e Nina, desenhadas no gramado.
 
 
O Palazzo Ducale di Genova é um dos principais edifícios históricos da cidade.. Antiga residência dos doges da República, é atualmente um dos principais polos museológicos de Gênova..

Há um trenzinho em frente ao Porto  que faz um mini tour pela cidade e podemos observar belíssimos Monumentos e Paisagens de Gênova.



Basílica de Santa Maria Assunta.


Villa del Principe - Palácio de Andrea Doria. Abriga um Museu com mobiliário, tapeçarias dos Seculos XV, XVI e XVII e um Jardim Italiano com várias esculturas.

 
O Galata Museo del Mare é o maior e um dos mais importantes museus da região do Mar Mediterrâneo.  Com um ótimo acervo e modernos recursos de interatividade distribuídos em quatro andares abordando a antiquíssima relação entre o homem e o mar. Veja  Galata
 

Estação Príncipe - Estação Ferroviária e Parada de Metrô
 
 
Hotel Savóia.


Ficamos hospedados no Hotel Continental antigão e que tinha uma grande estrela  - O elevador.


 Nunca conseguíamos descer por ele, porque se o último hóspede a usá-lo não fechasse bem as  portas, ele não funcionava. Mas para subir ele funcionava sempre. Ainda bem.

 
Fachada do Hotel Continental, onde nos hospedamos.
 
 
Salão de Café do Hotel Savóia que fica ao lado do Hotel Continental, que são da mesma rede e onde tomávamos nosso café da manhã.
 
 
Ao lado do Hotel Continental na Trattoria  Genovese  Tralalero experimentamos o Carpaccio di Pescato del Giorno.
 
 
Em Gênova, embarcamos no Navio MSC Splendida com destino ao Brasil. Foram 18 dias navegando e visitando mais 8 cidades.

Curiosidades sobre Gênova

Por Luciano Bellini

Houve um período em que a republica  de Gênova era governada por cinco magistrados eleitos entre as famílias nobres da cidade. Entretanto, cada eleição provocava uma guerra entre as famílias dos eleitos e aquelas que ficavam de fora. Para superar o problema, foi encontrada uma saída brilhante. Seriam escolhidas preliminarmente 90 pessoas pertencentes às familias mais poderosas; cada uma teria ao menos um dos seus incluído nesse rol. Depois, uma grande procissão levaria uma urna contendo os nomes de todos até a catedral. A caixa seria depositada sobre o altar principal, onde uma criança vendada – representando a vontade divina – extrairia os nomes dos cinco novos magistrados. Quem não concordasse com o resultado do sorteio estaria contrariando o Todo-poderoso…
Observando que as pessoas apostavam nos nomes que seriam sorteados (e que o negócio era lucrativo), o Estado tomou para si a gestão das apostas. Nascia assim a loteria.

Outra curiosidade da História genovesa é a calça utilizada pelos trabalhadores do porto, feita de tela de saco, extremamente resistente, que aguentava bem a maresia e dificilmente rasgava. Ela foi o primeiro protótipo da calça que, na segunda metade do século XIX, passaria a ser conhecida pelo nome de blue jeans. ( http://manualdoturista.com.br/genova-italia/ )